Canadense leva chefs para caçar seus próprios pratos

chad brealey

E se você tivesse que caçar e matar sua própria comida? Essa é a ideia inicial que inspirou os canadenses Chad Brealey e Mary Kellough a criar a Salt, Fresh And Field Media, uma produtora independente, especializada em conteúdos ligados a atividades ao ar livre, com ênfase em caça, coleta e alimentação. Os três primeiros episódios da série foram patrocinados por um canal de televisão canadense, mas podem ser assistidos online também.

O programa consiste em convidar chefs de cozinha a caçar ou coletar os alimentos que fazem fama dos seus restaurantes, colocando-os em contato com uma nova realidade, bem distante das panelas e fogões. Com tratamento e edição de imagens cinematográficos, além locações de tirar o fôlego, a série traze uma reflexão sobre a relação que temos com os alimentos, o meio ambiente e as pessoas. Confira a entrevista com Chad Brealey, concedida via e-mail para o Caipirismo e conheça melhor o projeto.

salt fresh and field

Como surgiu a ideia de criar o Salt, Fresh And Field?
O conceito surgiu em 2009 quando comecei a perceber o interesse de pessoas próximas a juntar-se a mim em atividades ao ar livre, como caçadas e pescarias. Para mim, ficou claro que elas tinham interesse em saber de onde a comida vem, além de querer adicionar um pouco de aventura no seu cotidiano. Naquela época, no Canadá, os reality shows e competições de comida estavam em ascensão. Nossa abordagem mais lo-profile, atenciosa ao roteiro, além cuidadosa no tratamento visual não eram padrão em programas de televisão. Como resultado dessa proposta, o Salt, Fresh And Field se transformou ao longo do tempo para atender às necessidade e desejos das emissoras de redes tradicionais. Por várias razões, não conseguimos encontrar um lar fixo para este projeto. No início, tivemos a sorte de estabelecer parceria com um canal de televisão e provedor de internet canadense, chamado Telus, que gostou bastante da nossa proposta. Através da parceria, tivemos lançamos a primeira trilogia de episódios, com a mesma estética e filosofia da ideia original do programa, também disponível online no nosso site.

De onde vem o nome Salt, Fresh And Field?
Quando vamos peneirando toda a complexidade do processo de processamento, distribuição e consumo, chegamos ao básico de qualquer alimento, que pode vir de três lugares – água salgada, água doce e campos de criação ou ambiente selvagem. Com essa ideia em mente, o nome “Salt, Fresh And Field” (algo como “salgado, fresco e do campo” em português) veio naturalmente.

salt fresh and field

Por que é tão importante caçar ou coletar e preparar sua própria comida?
Preparar uma refeição para a família e os amigos é um ato de amor e carinho. Os alimentos apresentados no programa talvez tenham um aspecto um pouco mais aventureiro do que a maioria das pessoas seja capaz de vivenciar, mas o processo e o ethos são os mesmos. Ter a consciência de onde a sua comida vem é um primeiro passo de um processo mais cuidadoso – com o próximo, com o meio ambiente e com os animais. Existe um aspecto emocional intenso no ato de caçar e pescar, que é difícil traduzir em palavras. Muitas vezes, pescados e animais selvagens habitam lugares lindos; lugares que, provavelmente, só temos a chance de conhecer quando estamos à procura de comida. O que tentamos fazer é retratar um pouco desse estado emocional, bem como o orgulho de trazer o alimento à mesa.

O que é mais fascinante ao contar histórias sobre a origem dos alimentos e as diferentes maneiras de prepara-los?
As histórias por trás da comida são tão completas como as próprias refeições em si. Cada vez que nos reunimos com os amigos, por exemplo, histórias são contadas e as aventuras tornam-se maiores do que elas, de fato, foram! Ficamos fisicamente alimentados e socialmente fortalecidos ao contar como a carne chegou à mesa. Nós nos tornamos capazes de honrar os animais, a terra e as relações pessoais que nos permitem que experiências como estas sejam possíveis

salt fresh and field

O que seria uma refeição perfeita para você?
Uma refeição perfeita envolve muitos elementos, mas começa com as pessoas. Eu precisaria das crianças ajudando a preparar os legumes e escolher o queijo e os petiscos de pato curado. Os adultos poderiam contar histórias e dar risadas ao redor de uma grande mesa. Seria o início de setembro e nós comeríamos salmão e mexilhões combinados com salada de verduras apimentadas e frutas da estação. Uma bela costela de veado seria assada no feno e zimbro, do lado de fora da casa, e nós brindaríamos a chegada do outono com um bom vinho. Assistiríamos ao pôr do sol no fim do verão, com as crianças rindo e brincando no campo, perto da floresta. Isso seria bom para mim.

O que inspira você?
A perfeição dos animais vivendo em seus habitats naturais; a tradição literária de Jim Harrison, Tom McGuane e Roderick Haig-Brown; a dedicação de pecuaristas, agricultores e pescadores comerciais para fornecer alimentos para tantas pessoas; o olhar aguçado da equipe de filmagem, nosso diretor e meu co-produtor. Eles me inspiram a ser melhor, pensar mais rápido e me permitir ultrapassar limites; a sensação de içar o anzol pela primeira vez em águas promissoras; sentar e deixar sentir a floresta me envolver; o esforço que leva caçadores a entender a terra e os animais, e os chefs que têm a visão para combinar ingredientes surpreendentes, produzidos por seus fornecedores; meus filhos, pelo interesse constante que têm em descobrir coisas novas, e minha esposa, por sua dedicação à nossa família, inteligência e beleza.

salt fresh and field

+ Imagens: divulgação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s