Cervejarias artesanais forçam grandes fabricantes a fazer ajustes

cerveja colorado
Fábrica da cervejaria Colorado, de Ribeirão Preto, uma das pioneiras no país

Em recente matéria no The Wall Street Journal, uma pesquisa mostra como as cervejarias artesanais do EUA estão provocando uma onda de mudanças no setor. Por lá, o crescimento da indústria não está sendo puxado por grandes marcas, mas pelos pequenos fabricantes como a Boston Beer (que produz a Samuel Adam’s), Sierra Nevada e New Belgium.

bodebrown
Samuel Cavalcanti, cervejeiro da Bodebrown, de Curitiba

Seria a teoria da cauda longa, de Chris Anderson, vista na prática no mundo cervejeiro. Ou seja, produtos de nicho juntos vendem mais do que os blockbusters! Imagino que, de alguma forma, nós estejamos passando por este mesmo movimento no Brasil. Não encontrei pesquisas que cruzem o volume de venda dos artesanais x gigantes, mas já percebem-se mudanças, vide as novas cervejas especiais lançadas pela Bohemia, por exemplo.

wals
Cervejaria Wäls, de Belo Horizonte, pioneira em cervejas refermentadas e novos processos, como o método champenoise

O frenesi não é para menos. Não custa lembrar que o Brasil é, hoje, o terceiro maior mercado de cervejas do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos e da China. Não é brincadeira de criança! Quem gosta de cerveja, se não esteve em Marte nos últimos anos, vem acompanhando uma verdadeira revolução nos nossos copos. Não tenho aquela visão xiita “abaixo AB InBev!”, todos devem ter o seu lugar ao sol. Penso que essa pressão dos artesanais pode gerar uma mudança muito positiva para nós, consumidores, forçando os gigantes a fabricar cervejas de melhor qualidade, que é o que importa no final das contas.

+ Imagens: divulgação.

Anúncios

8 comentários sobre “Cervejarias artesanais forçam grandes fabricantes a fazer ajustes

  1. A notícia é boa, mas nem tanto. O volume das artesanais nos EUA está ao redor de 20% do total, sendo que lá a craft beer custa 50% menos que as tradicionais. Por isso, este movimento não tem condições de acontecer da mesma forma no Brasil, sendo que nossas artesanais são cerca de 5 x mais caras que as comerciais, e o poder de compra do brasileiro é muitas vezes menor que o do americano.
    Boston Beer, Sierra Nevada e New Belgium só são pequenas comparadas com as gigantes.

    Curtido por 1 pessoa

  2. A notícia é boa, mas nem tanto. O volume das artesanais nos EUA está ao redor de 20% do total, sendo que lá a craft beer custa 50% MAIS que as tradicionais. Por isso, este movimento não tem condições de acontecer da mesma forma no Brasil, sendo que nossas artesanais são cerca de 500% MAIS caras que as comerciais (impostos e custos de logística muitíssimo superiores), e o poder de compra do brasileiro é muitas vezes menor que o do americano.
    Boston Beer, Sierra Nevada e New Belgium só são pequenas comparadas com as gigantes.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s