3 perguntas para Sara Macedo

sara macedo

Falando em Bananal Food Lab… conversei com a idealizadora do projeto, Sara Macedo.

Depois de muitas andanças mundo afora, com direito a um mestrado em Comunicação e Cultura Alimentar na Itália, esta jovem portuguesa fincou bandeira no Rio de Janeiro e decidiu empreender de maneira diferente. Com o Bananal Food Lab, Sara e seus amigos estão oferecendo experiências inesquecíveis à mesa, explorando ingredientes brasileiros de forma criativa e instigando a reflexão sobre os nossos hábitos alimentares. Segue o bate-papo:

1. Por que trabalhar com experiências gastronômicas?
Escolhi as experiências porque acredito ser uma maneira divertida de ir mudando o paladar das pessoas, e tenho a convicção de que isso é fundamental para se mudar o sistema alimentar. Não basta só informar as pessoas do que está certo e errado, o que é saudável e o que não é. É preciso haver ligações com a comida! Memórias dos sabores, das texturas, do prazer! Por exemplo, uma pessoa que gosta de comer bem, vai preferir comer um bom hambúrguer (feito com um bom pão, boa carne etc) do que um do MaDonald’s. Uma pessoa que gosta de comer bem estará mais equipada a fazer escolhas em prol de continuar a comer bem (comprar orgânicos, produtos de pequenos produtores etc), porque isso lhe dá prazer. Uma pessoa que gosta de comer bem vai exigir mais do que já existe, neste caso da cena gastronômica do Rio de Janeiro.

5. Das criações que surgem nos eventos do Bananal, qual foi a mais surpreendente que você já experimentou?
Foi a sopa de banana do Onaldo Brancante (Oni Dots), pois não estava a espera de gostar. Não estava mesmo! Mas quando fiz a prova antes do jantar, apaixonei-me, podia casar-me com a sopa de banana, tomar banho nela, hahahaha… é deliciosa!

6. O que é mais recompensador neste projeto?
Poder oferecer oportunidades a jovens chefs e cozinheiros me deixa particularmente feliz, porque eu vejo todo o excitamento, o processo criativo, os testes e a felicidade quando o jantar acaba. Há uma comunidade que se estabelece com estas experiências, que é algo que me faz muito, muito, muitooo feliz, desde amigos novos que se fazem, pessoas que fazem projetos juntos depois que se conhecem à mesa… o Bananal é toda uma família, com os seus membros fundadores, os chefs que sempre se tornam amigos, os que nos apoiam sempre e não perdem um jantar, os que ajudam a lavar a louça, os novos participantes que chegam e todas as colaborações que nascem de uma boa refeição!

bananal07

bananal08

bananal09

Anúncios

Um comentário sobre “3 perguntas para Sara Macedo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s