Chile inaugura primeira fazenda legalizada de maconha

invernadero_2

Diferente do Brasil, a utilização – e agora cultivo – de maconha medicinal no Chile avança a passos mais largos. No nosso vizinho, a maconha para uso “recreativo”, bem como posse, venda e transporta é ilegal, mas desde o ano passado, o cultivo para uso medicinal com prescrição está liberado.

Na semana passada, foi inaugurado ao sul de Santiago a maior fazenda de maconha medicinal da América Latina, uma operação totalmente legal e que espera colher cerca de 1,65 toneladas de maconha ainda este ano.

la-foto
O projeto é gerenciado pela Fundação Daya, uma ONG dedicada, dentre outros programas, a promover o uso de cannabis para fins estritamente médicos. A planta será processada e transformada em um óleo antes de ir para farmácias chilenas.

Apesar do também vizinho Uruguai já ter liberado a erva para consumo “recreativo”, o governo chileno afirma que não há planos para legalizar a substância além de usos médicos. Ainda assim, a legalização da cannabis como medicamento de prescrição no país possibilitou a produção legal da erva e colocou a Daya em uma posição de vanguarda nesse tipo de indústria.

+ Com informações do site Modern Farmer.
+ Fotos: Divulgação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s