Cachaças e cervejas made in Quissamã

Este post faz parte da série Descobrindo Jurubatiba, uma parceria com o Sebrae-Rj, para conhecer o roteiro Sete Capitães, na região norte fluminense do estado do Rio

img_3636
Fachada do Engenho São Miguel, em Quisamã

Quissamã tem uma tradição agrícola secular. Foi o cultivo da cana e a produção de açúcar que trouxeram prosperidade e notoriedade ao, então, remoto distrito de Macaé, no século XIX. A cana foi o motor da economia da região até o fechamento do Engenho Central de Quissamã, o primeiro da América Latina, em 2002.

O Engenho São Miguel é parte dessa herança histórica que, com a crise, soube se reinventar, indo buscar no passado a sua atual vocação: a cachaça! Desde 2010, Haroldo Carneiro, proprietário da fazenda, vem produzindo pingas de qualidade, reconhecidas em concursos mundiais, e disponíveis em quatro variedades: Carvalho, Cerejeira, Prata e Bálsamo, além da Meladinha, composta de cachaça e melado, e de rótulos especiais, em edições comemorativas. Apesar da pouca idade, já são consideradas uma das melhores cachaças do estado!

img_3644
Sete Engenhos Bálsamo e Prata

Mas essa história não para nas cachaças! O engenheiro Alessandro Brantes, que há tempos fornecia equipamentos para fabricantes da “marvada” decidiu aplicar essa expertise em outra bebida maravilhosa, a cerveja! Assim, em menos de um ano, Quissamã ganhou não só a sua primeira cerveja, a Domitila, mas também a sua primeira cervejaria! Alessandro e seu sócio, Djamim Souza, foram além da criação do maquinário e fundaram a própria fábrica, às margens da estrada que liga Quissamã à rodovia BR-101.

Inspirada na Marquesa de Santos, esta Lager Lupulada, muito refrescante e aromática, é o primeiro rótulo a ser lançado, fruto da parceria com o mestre Jeff Brumley. Seguindo à risca a filosofia “beba local”, o público-alvo da Domitila são os cervejeiros de Quissamã e redondezas, como Campos dos Goytacazes e Macaé, no máximo! Como aconteceu nos Estados Unidos, nos anos 80, a ideia deles é estabelecer-se localmente para valorizar e criar uma identidade com a comunidade local, privilegiando uma bebida sempre fresca e de qualidade.

IMG_3696.JPG
Olha a cor dessa lager lupulada!

Pegando carona na inauguração da fábrica e tirando proveito de toda a sua rede distribuição e comercialização, Haroldo não perdeu tempo e está lançando a 7 Capitães, uma American Amber Ale criada por Giovani Buzzi, da cervejaria Buzzi, de Santa Maria de Madalena, com um toque de rapadura, produzida, é claro, na fazenda São Miguel, e com uma agenda de lançamentos programados para os principais bares e restaurantes do Rio e Niterói.

Para conhecer de perto o processo de fabricação das cachaças, o Engenho São Miguel recebe grupos para visitas guiadas mediante agendamento prévio. A cervejaria Domitila ainda não está recebendo visitas, mas está se estruturando para, até o ano que vem, abrir as portas para visitantes que tenham interesse em conhecer todo o processo produtivo, além de, claro, experimentar as cervejas made in Quissamã!

img_3698
American amber com sotaque do norte fluminense

Navegue no mapa e conheça a região:

.  .  .

Imagens: Gui Mattoso

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s