15 fazendas urbanas mundo afora

sole-food-01
crédito da foto

Cerca de 15% dos alimentos produzidos no mundo, hoje, são cultivados em áreas urbanas e periurbanas. Segundo a FAO, estas fazendas e hortas já atendem a uma demanda de 700 milhões de pessoas, mais ou menos um quarto da população urbana mundial.

Nas pesquisas que faço por aí, eu fico impressionado com o esforço de centenas de iniciativas, desde hortas urbanas até verdadeiras fazendas, em sua maioria cultivando alimentos e criando animais segundo os princípios da agroecologia, promovendo a utilização saudável de ambientes antes degradados e unindo comunidades.

p1010028
crédito da foto

A agricultura urbana não contribui somente com a segurança alimentar, mas também com a aproximação da natureza, da cultura do gosto e da edução ambiental. Se você se interessa pelo tema, pensa visitar uma fazenda urbana em sua próxima viagem e quer conhecer algumas experiências de sucesso, vem comigo e confira estes 15 projetos inspiradores, espalhados mundo afora!

 

1. Canberra City Farms (Canberra, Austrália)
canberracityfarm.jpg
O Canberra City Farms, na capital australiana, se dedica a formar pequenos centros de aprendizado onde as pessoas podem colaborar e dividir seus conhecimentos sobre a produção de alimentos sustentáveis e ambientalmente responsáveis.

2. Ferme de Paris (Paris, França)
A Ferme de Paris é uma fazenda educativa e ambiental, localizada perto perto do Hipódromo de Vincennes. É uma estrutura municipal de ensino bastante diversificada, com produção de legumes, verduras, ervas medicinais e até criação de animais.

3. Fresh & Local (Bombain, Índia)
É através da agricultura urbana que o Fresh & Local busca melhorar a saúde e a qualidade de vida dos moradores de Bombaim. A organização ocupa espaços vazios ou abandonados e os transforma em incríveis centros comunitários, com muito verde e alimentos frescos.

4. Frisch vom Dach (Berlim, Alemanha)
Trata-se de um projeto de hidroponia que começou no telhado de uma antiga fábrica de malte, em Berlin. O projeto Frisch vom Dach utiliza nutrientes da aquicultura para irrigar legumes e verduras.

5. Brooklyn Grange (Nova Iorque, EUA)
brooklyngrange.jpg
O Brooklyn Grange é um projeto pioneiro em Nova Iorque. Hoje, ele ocupa três grandes telhados, dois no Brooklyn e um em Long Island City, que são verdadeiras fazendas orgânicas, altamente produtivas. O grupo também promove cursos, eventos e consultorias mundo afora.

6. Huerto Tlatelolco (Cidade do México, México)
Trata-se de uma verdadeira floresta comestível em plena Cidade do México, com cerca de 45 variedades de árvores, banco de sementes e uma grande horta. Este é o projeto Huerto Tlatelolco,  criado com o objetivo de fomentar a alimentação saudável o convívio da comunidade local.

7. Mazingira Institute (Nairóbi, Quênia)
O Instituto Mazingira fornece treinamento e suporte para agricultores urbanos que vivem em Nairóbi. A ONG já capacitou cerca de três mil agricultores urbanos, além de ter formado grupos de jovens e mulheres.

8. Pasona O2 (Tóquio, Japão)
O Pasona O2 é um projeto de fazendas urbanas, de Tóquio, que promove o cultivo de mais de 100 variedades de legumes e verduras, em espaços fechados, como subsolos, e em paredes de edifícios comerciais.

9. The People’s Potato (Montreal, Canadá)
Localizado em Montreal, the People’s Potato, é um projeto de horta e estufa de mudas geridos pelos moradores da região onde ele foi instalado. Uma rede de voluntários cultiva produtos orgânicos e distribui na vizinhança, além de preparar refeições veganas a partir de um banco de alimentos.

10. Hortas Cariocas (Rio de Janeiro, Brasil)
hortas cariocas
O Hortas Cariocas, é um projeto da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, presente em 30 comunidades, e na Rede Municipal de Ensino do Rio. Elas geram empregos diretos e a produção é dividida entre escolas e famílias em risco social. O restante é comercializado e o lucro é dividido entre os parceiros ou reinvestido no projeto.

11. ReVision Urban Farm (Boston, EUA)
ReVision Urban Farm é um projeto de agricultura urbana de base comunitária que cultiva alimentos nutritivos para pessoas que vivem em alguns bairros da cidade de Boston. O projeto também ensina os moradores sobre alimentação saudável e oferece estágios para jovens e moradores de rua.

12. Camino Verde  (Puerto Maldonado, Peru)
Localizado em Puerto Maldonado, a missão do projeto Camino Verde é plantar árvores e incentivar a gestão ambiental, através de programas educacionais e de conscientização. O programa “Banco Vivo de Semillas”, por exemplo, funciona como um jardim botânico, com mais de 250 espécies de árvores, muitas ameaçadas es extinção.

13. Abalimi (Cidade do Cabo, África do Sul)
Abalimi é uma organização que trabalha em prol da conservação do meio ambiente e da agricultura urbana nos arredores da Cidade do Cabo. A instituição apóia e auxilia grupos e indivíduos que procuram melhorar a sua subsistência através da agricultura orgânica.

14. Sky Greens (Singapura)
Sky Greens é uma iniciativa pioneira, de baixo carbono, que consiste em uma fazenda urbana vertical que emprega soluções verdes e tecnológicas em suas práticas, para produzir legumes e verduras utilizando o mínimo de recursos possível.

15. Horta do CCSP (São Paulo, Brasil)
horta_ccsp

Idealizada em 2011, a Horta do Centro Cultural de São Paulo, inicialmente foi formada a partir de mudas e materiais cedidos pela Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente. Hoje, a área é mantida por voluntários. Os mutirões acontecem no último domingo de cada mês.

Anúncios

Um comentário sobre “15 fazendas urbanas mundo afora

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s